segunda-feira, 1 de março de 2010

O Compromisso com Deus

Título – O Compromisso com Deus
Texto – Gênesis 28:20-22.
INTRODUÇÃO
1.    Nessa vida estamos comprometidos com aquilo que damos valor. Quando pensamos em compromisso não associamos a algo que não gostamos, ou não damos importância. Se você ama alguém você é comprometido com esse alguém. Da mesma forma, se você se importa em obedecer a Deus você é comprometido com a vontade dele.

2.    Alguns fatores têm atacado fortemente o nosso compromisso com Deus.
a.    A licenciosidade em nome da modernidade. Alguns padrões de comportamento têm sido sugeridos como algo comum, uma vez que a geração atual não é “careta”. Por exemplo, exploração da sexualidade antes do casamento.

b.    A indisciplina devocional. Muitos cristãos já não oram, nem meditam na palavra, e querem viver comprometidos com Deus. Isso é muito paradoxal. Para muitos é mais interessante assistir o BBB do que refletir na palavra de Deus.

3.    O comprometimento que passamos a ter com Deus é fruto da nova vida que ele nos deu. O novo princípio que recebemos em nossos corações nos compromete com a santidade, a justiça e a verdade dele.

4.    Nas escrituras não encontramos uma definição pronta do que seja compromisso. Todavia, uma palavra que é bem próxima do comprometimento é “voto” (gr “euchê” – promessa solene feita a Deus). Uma vez que alguém estabelecia um voto ele estava prometendo algo, ou viver do modo como prometeu. Daí, o  com-prometimento com o voto estabelecido.

5.    O caso de Jacó exemplifica o que estamos falando. Quando Jacó fugia do seu irmão Esaú em direção à casa de Labão ele firmou um voto com Deus se comprometendo a fazer tudo o que havia dito (cf. Gênesis, 28:20-22).

Baseado no voto estabelecido por Jacó gostaria de responder a seguinte questão: como podemos nos comprometer com Deus?

I. PARA SE TER COMPROMISSO COM DEUS É PRECISO QUE CONFIEMOS PELA FÉ EM SUA PRESENÇA (v.20).

1. Jacó estipulou uma condição de fé para que ele pudesse perceber o cuidado de Deus em sua vida. Se o Senhor lhe desse segurança, comida, roupas e lhe fizesse voltar à casa do seu pai ele passaria a ser servo do Deus verdadeiro. Para que isso se tornasse real era preciso que Jacó confiasse pela fé no Deus a quem ele se dirigia.

2. Num mundo materialista como o nosso muitas vezes esquecemos do fato de que Deus está a nos enxergar e a cuidar de nossas vidas. O Deus no qual estamos comprometido é visto, pela confiança que ele nos dá através do seu espírito. Assim podemos contemplá-lo com a total segurança de que ele é real. Com disse Paulo: “... ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém!” (1 Timóteo, 1:17)

3. O Deus com quem Jacó havia firmado seu compromisso estava além do que os olhos humanos podem enxergar, pois pela fé podia manter-se firme em Deus.

II. PARA SE TER COMPROMISSO COM DEUS É PRECISO QUE ENTREGUEMOS NOSSAS VIDAS A ELE (v.21)

1. Ao que tudo indica Jacó não conhecia o Deus de seus pais. No seu voto ele se compromete a ser seu servo. Uma vez que o cuidado de Deus se realizasse sobre sua vida, o Senhor passaria a ser seu Deus. A sua vida estaria sob o governo do seu Senhor.

2. O compromisso com Deus é fruto do novo coração que Deus dá àqueles que confiam na obra do seu filho. A nossa vida é tomada por um desejo de obedecer à vontade do nosso Senhor. Nessa obediência a prazer e alegria. Independente das circunstâncias não deixaremos o nosso compromisso com o Senhor.

III. PARA SE TER COMPROMISSO COM DEUS É PRECISO QUE OBEDEÇAMOS ÀS CONDIÇÕES DO PACTO QUE ASSUMIMOS COM ELE (v.22)

1. No voto que Jacó fez com Deus, duas condições foram estipulas para serem obedecidas:
a.    Fazer daquele lugar a casa de Deus. Não sabemos ao certo onde era esse lugar, porém sabemos que ficava em algum lugar aonde viria a ser a terra prometida;

b.    Dizimar de tudo quanto o Senhor lhe desse. Embora a lei não tivesse sido escrita, o ato de dizimar já era algo comum entre os servos de Deus (cf. Gênesis, 14:20).

2.  Dessa forma, o que Deus esperava de Jacó era a obediência ao compromisso firmado. Uma vez estipulado o voto ele deveria cumprir como um ato de obediência e reconhecimento do cuidado divino.

3. Aqueles que estão comprometidos com Deus através de Cristo têm uma série de condições a serem obedecidas. Devemos atentar para a vontade de Deus e obedecê-la. Desse modo estaremos vivendo comprometidos com ele.

CONCLUSÃO

1.    Jacó se comprometeu com Deus e foi abençoado. Seu compromisso pôde ser visto no voto que firmou com o Senhor. Nele ficou claro que o compromisso requer que confiemos no Deus com quem nos comprometemos, entregando a nossa vida a ele e obedecendo as condições que ele tem para nós.

2.    Portanto, se comprometa sem demora com Deus e seja abençoado. Amém!

2 comentários :

  1. ajente tem que ter compromisso com deus

    ResponderExcluir
  2. o povo de DEUS está comprometido mais com as ideias mundana , e outros com a sua natureza ecaminosa é necessario buscar renovaçao espiritual....
    evangelista ananias

    ResponderExcluir