segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A fé que supera os obstáculos (Nm. 13:25-32)

1. A fé em Deus nos faz caminhar em direção a uma situação melhor.

1.1 Pela fé nos apropriamos do relacionamento com Deus e de todas as promessas dele. O escritor aos hebreus condiciona a vida agradável a Deus, a fé (Hb. 11:6).

1.2 Pela fé podemos superar os obstáculos que a vida impõe.
•    A ansiedade é superada pelo cuidado de Deus.
•    A tristeza é superada pela alegria de Deus.
•    O pecado é vencido pela fé no sacrifício de Cristo.

2. O povo de Israel deveria ter fé para entrar na terra prometida.

2.1 Doze espias foram enviados para verem a terra que Deus havia prometido.

2.1.1 Eles eram príncipes das doze tribos de Israel (v. 2).

2.1.2 Eles passaram quarenta dias espiando a terra. Tiveram uma conclusão positiva (v. 27): “[a terra] verdadeiramente, mana leite e mel”. Era uma terra abençoada onde um cacho de uva necessitava de dois homens para carrega-lo (v. 23).

2.1.3 Dez dos espias não tiveram a fé para se apropriar das promessas de Deus e se detiveram nas dificuldades que viam. Os povos e suas cidades eram fortes demais (para quem?) (v. 28). Sua incredulidade os fez se enxergarem como “gafanhotos” (v. 33).

2.2 Apenas dois espias tiveram fé para continuar em busca daquilo que Deus prometera. Calebe e Josué (v. 30; 14:6) confiaram e persistiram na palavra de Deus.

2.2.1 Para se apropriar das promessas de Cristo é necessário confiar mesmo que pareça difícil. Nos dias da igreja primitiva alguns estavam perdendo a fé porque julgavam demorada a volta de Jesus (2 Pe. 3:9,13).

3. A fé é testada pelos obstáculos. Eles sempre existirão diante das promessas de Deus e devemos vencê-los.  Três lições para a vitória sobre os obstáculos até a promessa de Deus:

I. ANIME-SE PELOS SINAIS DA PROMESSA DIVINA.

1. Os frutos da terra sinalizavam uma bênção maravilhosa para o povo (v. 27). Eles teriam uma terra próspera sobre a qual descansariam com Deus.
    DEUS SINALIZA PARA NÓS A PROMESSA MARAVILHOSA ATRAVÉS DAQUILO QUE ELE FEZ EM CRISTO. UM NOVO MUNDO, UM NOVO CORPO, UM NOVO NOME ESTÃO MAIS ADIANTE. ANIME SEU CORAÇÃO ATÉ ELES.

II. CALE A VOZ INCRÉDULA DA TUA VIDA.
1. Os espias incrédulos traziam desânimo ao coração do povo (v. 28). Calebe, porém confiava na vitória que Deus iria dar sobre os inimigos (v. 30).

2. Os espias incrédulos foram calados pela fé de Calebe.

    CALE OS INCRÉDULOS COM A TUA FÉ. SEJA OTIMISTA NAQUILO QUE DEUS TE PROMETEU. LEMBRE-SE QUE O DIABO VIVE A TENTAR CAUSAR CONFUSÃO NOS PLANOS DE DEUS (veja. Mt. 16:23 – “Arreda, Satanás!”).

III. VEJA-SE COMO VITORIOSO SOBRE OS OBSTÁCULOS.

1. O desânimo produzidos pelos obstáculos afetou a visão dos dez espiais (v. 33). Eles se deixaram tomar pela “identidade de gafanhoto”. E assim também foram vistos.

2. O desamino no cristão é vencido pela sua identidade em Cristo. Nele somos mais que vencedores (Rm. 8:37).
    COMEÇE A SE EXERGAR EM CRISTO. POR ELE TODAS AS PROMESSAS DE DEUS PODEM SER GOZADAS. IDENTIFIQUE-SE COM A ALEGRIA DE CRISTO.

sábado, 4 de janeiro de 2014

A alegria de Deus para o seu povo (Sl. 126.1-3)

1. A nossa felicidade como filhos de Deus deve ser expressar por nossa alegria.
1.1. Somos alegres porque podemos gozar agora a salvação de Cristo. Deus nos alcançou com sua mão de misericórdia. Ele nos tirou da condenação e nos fez livre do pecado (Rm. 8:1).

1.2. Somos alegres porque temos Deus como amigo. Ele nos reconciliou consigo mesmo e habita em nós. Temos a alegria com fruto dessa nova condição (Gl. 5:22 – Fruto do Espírito: alegria).

1.3. Somos alegres porque o Senhor restaurou nossa visão. Os planos passageiros foram substituídos por planos eternos. A vida passou a ser mais do que 70, 80 anos, tornou-se eterna.

2. O povo de Israel experimentou um período de grande tristeza.
2.1. Israel foi deportada de Jerusalém para Babilônia em 598 a.C. O rei Nabucodonoso levou o povo, outrora livre, para um cativeiro doloroso.

2.2. Israel sonhava com o cumprimento das profecias de Deus acerca da restauração. Ezequiel, Isaías, Jeremias profetizaram a restauração de Israel (Ez. 36:24; Is. 44-45).

2.3. Israel teve seus dias mudados no ano de 537 a. C. quando Ciro, o instrumento de Deus para o bem do seu povo, decretou que os exilados de Babilônia voltassem para Jerusalém. O povo ficou como quem sonha um sonho bom (vv. 1,2).

3. Deus restaura a nossa alegria cumprindo o que prometera. No Salmo (126) que lemos podemos encontrar algumas características da alegria de Deus para nossas vidas.

I. É UMA ALEGRIA SUBLIME.
1. Deus fez o impossível levando Israel de volta a Sião (Jerusalém). O que estava acontecendo para o Salmista parecia com um sonho, irreal: v. 1 “ficamos como quem sonha”. Para Deus nada é impossível no cumprimento do que ele prometeu.

1.1. O anjo lembrou esse fato a Maria (Lc. 1:37).

PRECISAMOS MANTER A FÉ NAS PROMESSAS DE DEUS. O QUE É IMPOSSÍVEL AOS OLHOS É POSSÍVEL PARA DEUS. A NOSSA ALEGRIA SERÁ SUBLIME QUANDO ALCANÇARMOS O QUE DEUS NOS PROMETEU.

II. É UMA ALEGRIA TRANSFORMADORA.
1. A alegria do povo de Israel pela restauração transformou o semblante de tristeza em semblante de alegria, os lábios cerrados em lábios de alegria (v. 2a, 3).  Era notória entre o povo a alegria pelo cumprimento das promessas de Deus.

1.1. A alegria no rosto sinaliza o que se passa no coração (Pv. 15:13).

ALGUMAS PROMESSAS DE DEUS JÁ SE CUMPRIRAM E O NOSSO SEMBLANTE TRISTE PRECISA SER MUDADO POR ELAS. DELEITEMO-NOS NA SALVAÇÃO DE CRISTO, E ENTÃO TEREMOS UM RISO FÁCIL QUE EVIDENCIA A NOSSA ALEGRIA. CANTEMOS A SALVAÇÃO DO NOSSO DEUS.

III. É UMA ALEGRIA EVANGELIZADORA.
1. O povo de Israel testemunhou a graça de Deus às nações. Elas ficaram sabendo das grandes coisas que Deus havia realizado em seu povo. Todos podiam ver alegria daquela Israel (vv. 2b).

A NOSSA ALEGRIA PRECISA ANUNCIAR AO MUNDO QUE A GRAÇA DE DEUS NOS ALCANÇOU. CONTAGIE AS PESSOAS A TUA VOLTA COM A ALEGRIA DE CRISTO. ELE NOS RESTAUROU MIRACULOSAMENTE. 

NO NOVO ANO QUE SE APROXIMA GOZEMOS DA ALEGRIA DE DEUS PARA NÓS. AQUELES QUE VIVEM POR FÉ JÁ PODEM GOZÁ-LA, POIS TEMOS A MAIOR GRAÇA QUE ALGUÉM PODE TER, JESUS CRISTO.